O Japão apresentou hoje o supercomputador mais rápido do mundo, quase três vezes mais veloz que o concorrente norte-americano.
O novo supercomputador japonês, o mais rápido do planeta, foi desenvolvido pelo instituto público de pesquisas Riken com a maior empresa japonesa de tecnologias de informação e comunicação, o gigante informático Fujitsu.

É 2,8 vezes mais rápido do que o norte-americano Summit, desenvolvido pela IBM e instalado no Laboratório Nacional de Física Nuclear de Oak Ridge, nos Estados Unidos, que também está a trabalhar para procurar uma solução para o novo coronavírus.

Ao fim de quatro anos no primeiro lugar do top 500, o Summit é agora destronado pelo Fugaku, uma vitória que coloca o Japão na linha da frente ao fim de 11 anos.
O Fugako, instalado em Kobe, já está em ação no combate ao coronavírus, estando a fazer simulações de como as gotículas se espalham nos escritórios ou em comboios cheios de passageiros com as janelas abertas.

Quando estiver totalmente operacional no próximo ano, os especialistas esperam que a super máquina também possa ajudar no desenvolvimento de tratamentos eficazes para o vírus SARS-CoV2 que provoca a Covid-19.

Estes supercomputadores são ainda usados pelos governos para simular explosões nucleares, realizar testes com armas virtuais, modelar sistemas climáticos ou pesquisas em biotecnologia.

SAP Silver Partner R

A ARTVISION obteve o estatuto de Silver Partner da SAP, incrementando o seu portfólio de soluções para a Gestão de Empresas. A distinção atribuída resulta da especialização na implementação do produto SAP Business One.

Segundo informação da SAP, o estatuto conferido à ARTVISION, é resultante de uma rigorosa avaliação, relativamente aos conhecimentos adquiridos e demonstrados pelos seus elementos técnicos, através da certificação obtida nas vertentes da comunicação, comercialização, implementação e suporte.
O estatuto confere ainda o compromisso por parte da ARTVISION, na constante e contínua evolução de conhecimentos por parte da sua equipa em tecnologia SAP e em específico no produto Business One.

O software de gestão empresarial SAP Business One, foi desenvolvido com o objetivo de simplificar os processos de negócio e adaptar-se ao crescimento e ritmo das empresas e de apoiar estas na tomada de decisões com base em informações em tempo real, de forma a promover um crescimento lucrativo.
As principais capacidades da solução são: Gestão financeira; Gestão de vendas e clientes; Controlo de compras e inventário; Business Intelligence; Soluções de ERP específicas de setor; Mobilidade.

Mais informações em www.artvision.pt/SAP

As compras online têm ganho um peso crescente no total das compras efetuadas ao longo das últimas semanas, segundo análise da SIBS, registando uma quebra menos significativa relativamente ao panorama global do consumo em Portugal. No que se refere ao montante médio das compras no comércio online, este passou de uma média de 37,5€ por compra, antes do registo do primeiro caso de COVID-19, para os atuais 39,7€ por compra na semana de 23 a 30 de março, um aumento de 6%.

Também no caso do e-commerce, o MB WAY tem vindo a conquistar a preferência dos portugueses. Na última semana, de 23 a 30 de março, verificou-se um aumento de 20 pontos face à semana anterior.

Os dados da SIBS mostram, igualmente, que, na semana de 23 a 30 de março, se verificou uma redução no número de compras online, que diminuiu 30 pontos face à média registada antes da confirmação do primeiro caso de COVID-19 registado em Portugal. Este valor compara com o acentuar da quebra do número de transações presenciais em loja, que registou esta semana uma quebra de 56 pontos base no número de compras totais em comparação com o registo médio anterior ao início da propagação do novo Coronavírus em Portugal – o que acontece no contexto das medidas em vigor e que têm implicado a continuação da permanência de um grande número de portugueses nas suas casas, com medidas mais restritivas na circulação.

O valor médio das compras registado nesta semana foi de 38,8€ em loja e de 39,7€ no online, valores +12% e +6% respetivamente acima do valor medio antes da pandemia.

O seu negócio já está na web? Conheça as soluções e-commerce da ARTVISION em www.artvision.pt/ecommerce

(Clique na imagem para acesso ao relatório completo em formato .pdf)
Este site utiliza cookies para otimizar a sua experiência. Ao continuar a navegar neste site, está a concordar com o uso destes cookies. Saber mais. OK
VOLTAR AO TOPO